VOCÊ TEM UM CÃO DE ESTIMAÇÃO?


CÃOZINHO DE LUXO

ELIAS BOELL JÚNIOR

Você deve caminhar por uma linha tênue cujo horizonte deve estar focado entre discernimento e inteligência. Inteligência é uma coisa e discernimento é outra. Por exemplo: você pode fazer algo surpreendente mas que a longo prazo será visto e entendido como uma obra vã ou putrefata. O caso de Dalila transcrito na Bíblia é um exemplo de inteligência sem discernimento. Ela foi inteligente, porém a  falta de discernimento a levou precocemente para a morte cujo túmulo fora os escombros do prédio, derrubado por Sãnsão.

Você pode andar sobre essa linha tênue a que me refiro sem errar. É simples, você compara os métodos dos teus projetos com os quais esperas vencer com os preceitos de DEUS. Você pode me perguntar “- e quais são os preceitos de DEUS?” Não é difícil saber. A Bíblia Sagrada nos ensina, não em um mês, mas em um período considerável de estudo sob a luz do Divino Espírito Santo, até porque a Bíblia é uma Biblioteca que se compõe de 66 livros inspirados e protegidos por DEUS. Ou você seria mesquinho  de pensar que nosso criador não nos daria nenhum tipo de orientação? Toda a orientação de que precisamos está ali na Bíblia, ela é a palavra de DEUS.

Quando uma pessoa trata um cãozinho de estimação com demasiada atenção, cujo luxo vem a despertar o ódio dos miseráveis que vendem o almoço do dia para poder comprar a janta, com certeza está sendo inteligente: pois ela soberba sem dizer nada demonstra seu poder aquisitivo, sua comunidade saberá que seu cãozinho passeia e come muito melhor do que qualquer outra criança da sua cidade, também é inteligente porque satisfaz seu ego e no fundo do seu pensamento vangloria-se: “ o meu cãozinho de estimação passeia de carro pela cidade e come alimentos caros”.

 Embora  a pessoa que proceda assim seja inteligente é uma pessoa sem discernimento. Obviamente a pessoa atribui luxo ao cão de estimação pela sobra de recursos e quanto à sobra de recursos lembro-me de algo que minha falecida vó dizia: “Quem come demais sempre come o pão de alguém”, e não há mais certo que isso internauta! Se uma pessoa tem demais , com certeza está deixando alguém sem.

Você pode me dizer que não, que há quem tenha abundância de recursos pela sua própria capacidade. Certo. O que Jesus Cristo nos ensinou  quando esteve aqui foi a divisão do pão e não o acúmulo de recursos. Se você for muito inteligente para gerar dinheiro não seja diabólico porque quanto maior o monte maior a perda e a Bíblia nos fala ainda que ao final de muita ganância DEUS mesmo faz com que tudo vá para os necessitados.

 Ademais se você tem a capacidade de fazer muito dinheiro, muitos recursos, ainda assim deve submeter-se ao que Jesus nos ensinou, pois é você que tem essa capacidade e ela é somente sua porque DEUS  te dá todos os dias. DEUS te fez com essa capacidade mas deves honrá-lo, não direcionando recursos aos bichos de estimação e sim aos teus semelhantes, teus irmãos na terra. Hoje é você que a ganha mas amanhã poderá ser aquele que humilhas quando encobres teu bicho de estimação de luxo.

A pessoa que agrada demais um bicho de estimação procede como uma mulher que tem relações sexuais com um cão, mais que falta de discernimento é uma grande confusão mental.

Você diria que a mulher que tem "prazer" com um cão não é inteligente? A mulher que o faz é  inteligente, pois está saciando seu desejo e consegue os  requisitos para saciá-lo, porém de que adianta ter  inteligência que carece de discernimento? Acaso da mesma forma não é abominação para DEUS?


Tenha um cão  de estimação para te servir na tua casa, não te tornes servidor dele, ok? Ou melhor, digo-te ainda: mantenhas o cão para te servir e não vivas para servi-lo, pois DEUS se irritaria contigo!