EX-HOMOSSEXUALIDADE

ELIAS BOELL JÚNIOR

Não é possível construir um ex-homossexual. Até porque a sexualidade de cada um é muito pessoal, é algo íntimo demais. De que vale o depoimento de um cara que casou e se diz ex-gay?Não vale nada. Quem pode garantir que o senhor machão da rua “b”  ou  “a” não é gay? Ninguém! Porque ninguém pode andar com ele nem sondar os pensamentos dele as 24 horas do dia.

Tem uma filosofia oriental atrelada a uma religião onde a sexualidade humana é algo íntimo demais para ser discutido. Concordo. Porque quem disse que odiava os gays acabou se deitando com um e quem disse ser a favor dos gays na verdade nunca sequer pensou em se deitar com um e assim por diante.

O problema surge de fato quando há casamento. Se a pessoa casou precisa sim manter a fidelidade ao seu cônjuge. Quem casa deve assassinar de imediato todos os desejos que não somam à vida conjugal. Há que se tomar cuidado ainda com os acordos entre o casal quanto a relações sexuais fora do casamento e que são ameaças.

Se você é casado e tem acordo com seu cônjuge tipo “ você pode sair com quem quiser  e eu também” saiba que sua família, seu casamento já estão derrotados. O casamento, em especial este onde há uma festa aos convidados, ou mesmo só no civil é uma declaração pública à sua comunidade de que ambos têm compromisso entre si. Diante de DEUS e diante do povo você assume seu cônjuge. E DEUS tomará nota disso, quando você menos espera DEUS estará te cobrando quanto ao casamento que fizestes sob a bênção dele.

Na maioria dos casos, DEUS em sua absoluta benevolência, envia filhos lindos e sadios aos casais, mas eles acabam se entregando aos próprios anseios e desejos se esquecendo de que um DEUS ONIPOTENTE os observa. Mas e quanto ao homossexual?

Bom, o homossexual é avulso, ele não fez filhos, por tanto sua responsabilidade é menor. Quando se tem filhos sua responsabilidade aumenta demasiadamente diante do teu, do nosso  criador e diante da sociedade também.Você não sabe o que pensarão os teus filhos quando descobrirem que você é gay, por tanto, siga as normas que beneficia a todos, à comunidade e à família. A família é a instituição mais sólida do mundo desde que mundo é mundo. Não sejas um perdedor e vá te meter caminho afora rumo a incertezas.Se você é casado e tem filhos, esqueça a homossexualidade.

Amigo, nem só nas questões sexuais mas em tudo o que fazemos devemos temer ao nosso querido DEUS, sejamos prudentes e façamos o máximo para agradar não a nós, mas a ele...pois não há outro mais sábio que ELE.

Se o desejo que tens por outros homens é muito acentuado melhor é não te meteres com mulher nenhuma. Pois assim pouparás humilhação não para ti, mas para a tua futura família, filhos esposa etc...Mas caso casastes e tens desejos ardentes de outros homens, melhor é sepultar tais desejos...mas para isso terás de matá-los primeiro.Se  casastes com uma mulher terás que te tornar assassino dos teus próprios desejos.Pense nisso.

E quanto aos casos em que a esposa concorda com uma relação extra conjugal homossexual do marido e vice-versa, vou falar outro dia.