"ELA DERRUBOU A CASA COM AS PRÓPRIAS MÃOS"

ELIAS BOELL JÚNIOR

Prezado internauta, hoje falo sobre a mãe que prendeu seu filho de 15 anos em casa  e o deixou morrer de fome. Por que essa desgraça aconteceu?

Muitas mulheres jamais se sentirão bem na vida se não estiverem ao lado de um homem, de seu marido ou companheiro, como você queira chamar.São muitas as mulheres que se deixam amargar pela ausência de um macho em sua cama.

Esta mãe que deixou o filho morrer de fome é um vaso frágil, tal como diz a BÍBLIA. A BÍBLIA nos diz que amulher é um vaso frágil, e acredito muito nisso. Diante das dificuldades na vida esta mãe miserável não agüentou  e como um vaso que cai ao chão, quebrou-se.

Ela teria sido um vaso forte se tivesse vencido a batalha qual permanecer sem marido.Ela  havia tido este menino que  matou de fome com um homem que ainda está vivo, e a outra menina de quatro aninhos que está viva, cujo pai já faleceu.

Um dos problemas quando se faz um filho numa mulher e se separa dela é que muitas passam a não gostar também dos filhos do ex-marido. É um grande risco. É da natureza feminina ser mãe e amar muito os filhos mas tal como em tudo, aí também há exceções!

Quando a BÍBLIA nos diz que a mulher é um vaso frágil, ela não quer dizer que mulher não pode dirigir um carro ou uma empresa, nada disso!

São muitas as mulheres que quando não se vêem mais amadas por seus homens se tornam insensíveis,revoltadas, ruins para a família e insatisfeitas com tudo!

No caso desta mulher de que falo hoje, ela é mais que um vaso quebrado, é também assassina! DEUS enviou a elas dois filhos lindos mas tal como diz a BÍBLIA “ a mulher tola derruba a própria casa com as suas  mãos”


Quando um homem toma uma mulher por esposa deve ter muito cuidado, para que o vaso não venha a quebrar, pois as vítimas  certamente serão anjos inocentes.E isso acontece muito.Como a mulher é superprotegida, quase não aparecem as atrocidades psicológicas e físicas que causam em suas famílias.

A exemplo do que aconteceu neste caso, onde o pai requisitou por 4 anos a guarda do menino mas a super-proteção às mulheres o levou à  morte cruel.


Prezado internauta, sempre digo aqui neste blog que o machismo não existe, é uma invenção de gente irresponsável  para vender matérias e mídias. O pai deste menino que morreu de fome , ele inclusive foi discriminado pela própria justiça e nunca conseguiu que a justiça prestasse atenção às queixas que apresentou de maus tratos pela mãe do menino.




Este caso e muitos outros me dão prova de que a BÍBLIA é a autêntica palavra de DEUS!